top of page

QUEM SOMOS

A nossa mente é o nosso bem mais precioso, é ela que determina a qualidade das nossas vidas. É em dependência da uma mente em equilíbrio ou em desequilíbrio que experimentamos respectivamente felicidade ou sofrimento. Deste modo, sendo a mente algo muito poderoso, o Mindfulness e os seus professores - pessoas a quem confiamos o "treino" da nossa mente - não devem ser escolhidos levianamente. Da mesma forma, a prática de Mindfulness que fazemos, ao "mudar" as nossas mentes acarreta também mudanças nas nossas vidas.

 

Desmistificando o Mindfulness

 

De onde surgiu?

• Originado na filosofia e prática tradicional Budista há mais de 2600 anos

• Estes ensinamentos foram passados de mestre para discípulo até aos dias de hoje

 

Todos podem praticar?

• Qualquer um pode praticar

• Envolve o treino da mente, e não a crença num dogma religioso

 

Quem não pode ensinar?

• Pessoas que tiram workshops de algumas semanas, sem qualquer experiência sólida em meditação

• Praticantes que decidem ensinar, sem autorização prévia por parte do seu professor

 

Quem pode ensinar?

• Praticantes experientes, após anos de prática e experiência efectiva dos resultados da meditação

• Praticantes com autorização do seu professor para ensinar, de forma de atestar a qualidade e autenticidade dos ensinamentos

Quem é o Lama Gyurme?

 

  • Conta com mais de trinta anos de estudo e prática sob a direção de vários mestres das várias Tradições espirituais do Tibete.

 

  • A sua apresentação caracteriza-se por uma linguagem directa, simples, clara e humorada, que procura sobretudo o entendimento dos Ensinamentos, de um modo prático, não dogmático e não sectário.

 

  • Entre os seus mestres destacam-se o Lama Urgyen Chökyi Dorje,Tulku Chökyi Nyingma Rinpoché, Kyabje Chokling Rinpoché, Kyabje Pema Kalsang Rinpoché, Kyabje Khoochen Rinpoché e Lingla Tulku Rinpoché.

Lama Gyurme

PROFESSOR PRINCIPAL

COMUNIDADE GUHYA MANTRIKA

A Comunidade Guhya Mantrika é uma comunidade de praticantes de  meditação de acordo com o Budismo Tibetano estabelecida em Portugal há mais de 10 anos.

 

  • Tem como objectivo principal a promoção do estudo e a prática da meditação, respeitando a tradição e as origens dos ensinamentos.

  • A comunidade Guhya Mantrika promove a prática de vários estilos de meditação, não existindo qualquer obstáculo em relação à religião ou ideologia do praticante.

Centro de Retiros Thubten Phuntsog Gephel Ling em Alcácer do Sal

 

Um local único no nosso país que visa dar a todos os interessados os Ensinamentos e retiros na tradição espiritual do Budismo Tibetano. Venha meditar e obter uma experiência mais profunda através da prática meditativa em retiro individual ou em grupo, num ambiente tranquilo e rodeado de natureza.

Centro de Estudos Tibetanos Pendê Ling em São João do Estoril

 

Um espaço simples e relaxante em São João do Estoril que visa preservar e disseminar esta sabedoria milenar e aplicá-la ao mundo actual. Esta organização sem fins lucrativos é um local de estudo e prática dos vastos e profundos Ensinamentos Budistas, um espaço no qual podemos fortalecer a nossa sabedoria e compaixão e aplicá-las a esta sociedade moderna e stressante.

Grupos de Estudo e Prática em Catmandu, Edimburgo, Bruxelas, São Miguel e Caldas da Rainha

 

A Comunidade Guhya Mantrika tem igualmente vários Grupos de Estudo e Prática noutras zonas do país e a nível internacional.

ONDE ESTAMOS

O MEDO DA MUDANÇA

 

O medo da mudança é uma parte bem documentada da condição humana. Mesmo pessoas que, à primeira vista, parecem estar à procura de mudança pessoal podem ainda assim estar receosas, hesitantes, ou serem resistentes. Há uma boa explicação para isso: mesmo quando somos infelizes, sabemos quem somos. A perspectiva de mudança traz consigo incerteza - o que acontecerá? Em quem me tornarei? Para muita gente, o desconhecido é perturbador, muito mais perturbador do que uma sensação familiar de infelicidade. Pode parecer contraditório, mas é possível que um desconforto duradouro e prolongado seja confortável. Mesmo quando se sofre, e se reconhece racionalmente que precisamos de mudar para o nosso próprio bem-estar, pode haver ainda assim medo ou ambivalência quanto a pôr essa mudança em prática.

 

O sentido do Mindfulness é prover os meios necessários para remover os nossos obscurecimentos mentais. A meditação permite-nos experimentar a mente, tal como ela é, na sua natureza original. O que agora acontece na nossa mente é o surgimento ininterrupto de pensamentos, que nos impedem de experimentar a sua verdadeira natureza.

O QUE FAZEMOS

Cursos de Budismo Tibetano
Palestras
Mindfulness
Práticas de Budismo Tibetano
Yoga Budista
Terapias Orientais

© 2016 por Guhya Mantrika Mindfulness. 

bottom of page