1/5

AVISO: O Centro de Retiros Gephel Ling, o Stupa Tashi Gomang e o Centro de Estudo Tibetanos Pendê Ling encontram-se fechados devido à Pandemia COVID-19 e ainda sem data prevista de reabertura

Carta do Lama Gyurme ao Sangha e Amigos da Comunidade Guhya Mantrika

Caro e Precioso Sangha e Amigos da Comunidade Guhya Mantrika,


É em períodos particulares como este que é vital para nós, praticantes, recordar as Três Jóias e as Três Raízes; muito em particular os nossos Lamas Raiz e de Linhagem, o nosso Yidam e os Dharmapalas e Protectores e orar por todos os seres, com, e também por, uma mente espaçosa e relaxada. É importante não sermos apanhados pelo medo e pela confusão como pessoas comuns, mantendo o nosso slogan de 0% de pânico, com 100% de responsabilidade.

Como praticantes, e como nos ensina o Vinaya, é importante vivermos em harmonia com os princípios da sociedade que integramos e por isso é importante que sigamos os conselhos dos médicos e cientistas e nos isolemos, que lavemos as mãos com frequência e que façamos o que eles nos instruírem a fazer.

Há um ponto que quero reforçar que é a importância de manter o distanciamento social, apesar das dificuldades que tal possa implicar. Como praticantes do Dharma dos Budas devemos perante as dificuldades sociais e financeiras praticar a paciência e tentar ter uma visão ampla e espaçosa da vida e confiar no Dharma e no poder da aplicação do Bodhichitta alicerçado nos Quatro Incomensuráveis.

Como já mencionei em diversas mensagens anteriores devemos usar esta situação para cultivar Bodhicitta. Devemos renovar diariamente os nossos votos de refúgio e votos de Bodhisattva e restaurar a nossa energia positiva, fazer a prática de Tonglen e fazer orações e preces aspirativas com fé e compaixão. Como tenho mencionado frequentemente há muitas histórias de terríveis doenças que foram instantaneamente pacificadas pelas orações compassivas de Bodhisattvas. Tenho também repetido muitas vezes, mesmo antes desta pandemia, a importância das profecias do Guru Rinpoche sobre esta era degenerada e do quão imprescindível é dar a resposta apropriada de acordo com as suas instruções. Agora podemos ver com os nossos próprios olhos que estamos a viver o período profetizado pelo Precioso Guru de Uddiyana.


A única solução para todos os problemas desta degeneração é orar às Três Jóias, respeitar a lei do karma cultivando a virtude e evitando a não-virtude, cultivar o Bodhicitta e praticar de acordo com as instruções essenciais dos nossos Lamas. Como tenho aconselhado desde o início desta situação, podemos aproveitar para fazer pequenos retiros pessoais, simples e de acordo com nossa própria capacidade, aprofundando a nossa prática pessoal. E podemos ainda participar de todas as sessões de prática online que a Comunidade Guhya Mantrika oferece. 

 

Temos sugerido algumas pequenas práticas e preces, em particular uma prece traduzida em português que disponibilizámos logo desde o início, a Prece pelos Povos da Terra, escrita por Sua Santidade Dudjom Rinpoche. É uma prece muito importante, com muito poder e instruções vitais para que a oração se concretize. Esta prece, bem como uma conduta ou actividade em harmonia com a oração, juntamente com a criação de circunstâncias conducentes podem fazer uma grande diferença nas nossas vidas.

Em especial neste momento específico em que todos reconhecemos que as circunstâncias são muito difíceis, muitas pessoas, empresas e organizações em todas as áreas da sociedade enfrentam sérias dificuldades inclusive financeiras. Por isso gostaria de chamar a vossa atenção para como evitar que os Centros de Dharma da nossa Comunidade Guhya Mantrika passem por grandes dificuldades financeiras e possam assim continuar a servir o benefício dos seres.

Como sabem, normalmente a Comunidade Guhya Mantrika é apoiada principalmente por doações advindas do Programa de Dana (patronos do Dharma) e por cursos e programas de actividades realizados nos nossos Centros. Será com certeza claro para todos que actualmente não dispomos de algumas das fontes de rendimentos habituais, e que assim será enquanto for necessário manter o distanciamento social.

 

Ao estabelecermos os Centros de Dharma da Comunidade Guhya Mantrika, começámos algo extremamente precioso no nosso país e inclusive fora de Portugal, que tem trazido incrível benefício à preservação e difusão do Dharma e dessa forma aos seres em geral e em particular dando um sentido de vida, apoio e desenvolvimento espiritual a muitas pessoas a nível internacional. A Comunidade Guhya Mantrika tem organizado eventos todos os anos no nosso país, convidando importante Lamas, organizando empossamentos, ensinamentos e práticas. Ao longo de todo o ano, levamos a cabo retiros, programas educacionais budistas e práticas regulares, disponíveis a todos os genuinamente interessados. Temos colaborado com organizações públicas e privadas de distintos campos para colaborar no difundir de uma cultura e de métodos que contribuem para a paz, saúde e bem-estar da sociedade em geral.

 

Gostaria que fizéssemos um esforço para entender algo simples; o mais difícil é acender a fogueira que cozinha, alimenta e aquece a família, depois é apenas necessário manter o fogo e o calor. Podemos dizer com segurança que a fogueira do Dharma que nos nutre e aquece já foi acesa com o investimento, trabalho e dedicação de alguns, e é a nossa função alimentá-la com lenha e manter o calor. Agora é o momento em que precisamos de nos juntar para colectar mais um pouco de lenha, para esta preciosa fogueira de Dharma a que chamamos Comunidade Guhya Mantrika.

Claro que a manutenção da fogueira é também indispensável do ponto de vista espiritual, e por isso continuamos a fazer diariamente as práticas dos Centros sem falhar um único dia, seguindo ao mesmo tempo da forma mais escrupulosa todas as regras do distanciamento social, tendo inclusivamente o Centro de Retiros dado início à prática online dos Pujas e Sadhanas para que as pessoas não necessitem de participar presencialmente. Como sabem, oferecemos também online a prática do Ngöndro, Chenrezig, Tara e outras; num futuro próximo iremos transmitir mais actividades, ensinamentos, programas e retiros, mantenham-se informados e atentos.


Assim, neste momento, seria extremamente gentil e benéfico se alguém quiser fazer doações para ajudar a Comunidade Guhya Mantrika, através do Programa de Dana (sendo um Jindak, Generoso Patrono do Dharma), participando nos nossos programas e contribuindo, fazendo oferendas para que nos Pujas continuemos a fazer as oferendas ao Stupa Tashi Gomang, ao Jowo Buda Shakyamuni e ao Guru Rinpoche, o que inclui lamparinas, velas, oferendas de incenso e oferendas de Tsok. Estas são Jóias Preciosas espirituais da Comunidade Guhya Mantrika, uma oferenda ao nosso mundo, país e região que entre outros benefícios é particularmente benéfica na protecção contra doenças epidémicas, guerras e outros efeitos perniciosos desta época de degeneração.

Creio firmemente que podem entender e até vislumbrar que quaisquer doações para a Comunidade Guhya Mantrika, o seu trabalho e actividade, seria de grande generosidade, gentileza e especialmente benéfica à luz das circunstâncias actuais do mundo. Sei que são tempos difíceis mas, por isso mesmo, é um momento extremamente importante para nos unirmos como Sangha e amigos e oferecer o nosso apoio para sustentar a visão e actividade do Dharma e o trabalho altruísta dos nossos Lamas em benefício dos seres. Por favor, mantenhamos juntos o calor e o fogo desta grande fogueira, acalentando e nutrindo a todos os seres.


Quaisquer doações serão muito apreciadas, independentemente da quantia. Na verdade, até mesmo um euro será apreciado, o mérito dedicado e o benefício infinito.

Contacte-nos via info@guhyamantrika.org para saber como colaborar e contribuir.

 

Obrigado.

Thubten Phuntsog Gephel Ling

Estrada Nacional 253 Herdade Corte Pereiro

7580-706 Santa Susana - Alcácer do Sal

Coord: 38.486402,-8.359611

CET Pendê Ling

Rua Fernando Assis Pacheco, 120

2765-316 São João do Estoril - Lisboa

Email: info@guhyamantrika.org

Call: 26 510 21 62 / 91 213 93 53

Doações

Ao doar contribui para a preservação do centro de retiros e mosteiro, da comunidade monástica e ngakpa e para o desenvolvimento dos nossos projectos. Poderá doar através do paypal, transferência bancária ou contactar-nos para doações de outras formas.

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram