Thubten Phuntsog Gephel Ling

Estrada Nacional 253 Herdade Corte Pereiro

7580-706 Santa Susana - Alcácer do Sal

Coord: 38.486402,-8.359611

CET Pendê Ling

Rua Fernando Assis Pacheco, 120

2765-316 São João do Estoril - Lisboa

Email: info@guhyamantrika.org

Call: 26 510 21 62 / 91 213 93 53

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Doações

Ao doar contribui para a preservação do centro de retiros e mosteiro, da comunidade monástica e ngakpa e para o desenvolvimento dos nossos projectos. Poderá doar através do paypal, transferência bancária ou contactar-nos para doações de outras formas.

Sangyum Kamala Rinpoche

Sangyum Kamala nasceu na aldeia de Pangi, perto de Manali, no estado do Himachal Pradesh, norte da Índia, numa extraordinária Linhagem do Dharma. O seu pai, Tulshuk Lingpa, foi um famoso Terton da Escola Nyingma.

 

Este viajara pelo Sikkim e propagou os ensinamentos budistas por todo o Tibete, Nepal, Sikkim e Índia, em ambos os estilos o convencional e o carismático.
A sua mãe, Phunsok Choedon, foi uma grande praticante e Dakini que dedicou toda a sua vida à prática do Dharma. Quando faleceu aos 83 anos, o seu corpo permaneceu em meditação por 7 dias, e um arco-íris circular apareceu no céu sobre o seu quarto.

 

Sangyum foi criada num ambiente infundido com a prática do Dharma e as bênçãos da fé e o poder do Mantra Secreto. Ela viria a conhecer o seu Guru-raiz, SS Kyabje Dudjom Rinpoche, e juntamente a Kyabje Chatral Rinpoche em Simla aos 13 anos.

 

O seu pai era também discípulo de S​ua ​S​antidade​ Dudjom Rinpoche, e o seu avô o Gyachok Lingpa, um era também um famoso Terton e médico do Golok, Serta, e foi um dos discípulos de Dudjom Lingpa. Com a idade de 20 anos, casou-se com Kyabje Chatral Sangye Dorje, o maior mestre de Dzogchen que viveu até ao século XXI. Com quem esteve casada cerca de 50 anos.

 

Durante toda a sua vida, especialmente no meio século que passou com o Rinpoche, ela recebeu uma corrente ininterrupta de ensinamentos e transmissão do Dharma, e praticou principalmente o Dudjom Tersar, a Linhagem de Sera Khandro e também a tradição do Longchen Nyingtik.

 

Sangyum Rinpoche tem apoiado constantemente a prática em retiro de incontáveis sublimes yogis e yoginis em todo o Nepal e a Índia, sob a orientação de Chatral Rinpoche. Especialmente demonstrou a sua profunda compaixão cuidando dos mais humildes dos humildes, quer a nível material quanto espiritual.

 

Ela segue o exemplo de Kyabje Chatral Rinpoche de libertar vidas todos os anos em Calcutá, lançando milhões de peixes ao Ganges e construindo numerosos Stupas, rodas de oração e outros suportes sagrados na Índia e no Nepal.​